Morretes, Cidade de Encanto e Beleza

#VEMPRAMORRETES

Uma Cidade cheia de histórias para contar, Cultura para mostrar, e sabores para apreciar!

Nota fiscal eletrônica II

BT decreto legislativo1

Por favor, comunique tic@morretes.pr.gov.br se encontrar alguma dificuldade de uso no Site. Obrigado.

Geral

Abertura, a partir dos primeiros dias de junho, de uma pista da Estrada da Graciosa para fluxo de veículos, inauguração, em outubro, do viaduto da BR-277, que liga a rodovia à cidade de Morretes, e redução no imposto da cachaça morreteana, uma das mais disputadas no mercado nacional, para que tenha maior competitividade. Estas foram as três boas notícias dadas pelo governador Beto Richa (PSDB) durante visita à Feira Agrícola e Artesanal – Festa Feira – de Morretes. Acompanhado pelo prefeito Helder Teófilo dos Santos (PSDB), Richa cumprimentou os feirantes, professores e alunos da escola estadual e municipal que o aguardavam no Portal da Feira e se inteirou dos produtos agrícolas, artesanais e ganhou um “Bambu da Sorte” para dar de presente no Dia das Mães. O governador almoçou no Restaurante Vila Morretes. Durantes todo o percurso da feira, o governador Beto Richa foi interrompido por pessoas que queriam cumprimentá-lo e fotografá-lo. Richa disse que o governo tem uma dívida para com o litoral e é por esse motivo que vem fazendo investimentos na região.

A Saúde da Família, de Morretes, terá cobertura de 100%, afirmou o prefeito Helder Teófilo dos Santos ao recepcionar, em seu gabinete, os novos cinco médicos estrangeiros que vão atuar como clínicos gerais nas Unidades de Saúde do Município. “Estou muito feliz com a presença de vocês em nossa cidade e vejo, com isso, os avanços que sempre desejamos na área da saúde para toda a comunidade de Morretes”, disse o prefeito, destacando, também, os trabalhos que vem sendo realizado há anos no município pelos médicos do Hospital de Morretes, Doutores José Ramos May e Dilberto Consentino. A apresentação dos novos médicos – três cubanas, uma mexicana e um salvadorenho – foi feita pela secretária municipal de Saúde do município, Adriana Rossett. Os médicos, Ana Laura López Vasquez (México), Yitzhak Samael Villanueva Portillo (El Salvador), Ana Fé Valdes Rodriguez (Cuba), Marleng Lopez Marzabal (Cuba) e Yarleni Beatriz Gonzalez Valdez (Cuba) vão atuar nas oito Unidades de Saúde – sete na área rural e uma central – da Prefeitura de Morretes. O prefeito Hélder anunciou ainda investimentos de R$ 2,2 milhões na reforma, ampliação e compra de equipamentos para o Hospital de Morretes, além de lembrar da ampliação e reformas nos Postos de Saúde do Sambaqui, América e Candonga. O prefeito garantiu também que todas as escolas do município passarão por reformas, além da pavimentação em várias frentes da cidade e da zona rural. “Tudo tem seu tempo e estamos dentro dele”, finalizou Hélder.

Festa Feira é sucesso. Os comerciantes, entre expositores de produtos agrícolas, artesanato e alimentos, além do comércio como um todo, estão satisfeitos com os resultados dos quatro primeiros dias da Festa Feira que só termina no dia 11. No dia Primeiro de Maio – Dia do Trabalho – perto de cinco mil motociclistas estiveram visitando a 31ª Feira Agrícola e Artesanal de Morretes. O prefeito do município, Helder Teófilo dos Santos, acredita que 100 mil pessoas visitem a Festa Feira e elogiou a organização do evento, com a participação de efetivo da Polícia Militar do Estado, que vem organizando o tráfego de veículos na cidade. “Tudo está indo muito bem, conforme o previsto. Os feirantes estão satisfeitos com suas vendas e os restaurantes oferecem o que há de melhor na culinária de Morretes, principalmente o barreado e o churrasco, além de frutos do mar”, comentou o prefeito. Para o secretário de Turismo do município, José Leonardo, a Feira vem repetindo o sucesso de anos anteriores, com aumento significativo nas vendas. Muitos feirantes já tiverem que repor mercadorias. Denise Valenga, secretária de Agricultura e presidente da Comissão Organizadora da Festa Feira, disse que esteve conversando com feirantes e todos estão satisfeitos com os resultados dos primeiros dias de Feira. Dia 6 de maio, no Theatro de Morretes, haverá palestra sobre o cultivo do Maracujá.

Moradores das comunidades próximas à Estrada da Graciosa e empreendedores do município de Morretes, que estão sendo afetados pela redução do fluxo turístico na região devido à interdição da Graciosa, terão acesso facilitado às linhas de crédito da Fomento Paraná. O objetivo é apoiar as famílias para melhorar o desempenho de seus empreendimentos e aumentar a renda.  Além da oferta de crédito, o Governo do Paraná vai desenvolver uma série de outras ações para atrair visitantes e apoiar as comunidades da região até que a passagem seja reaberta. A estrada foi interditada em 13 de março, quando o leito da via foi rompido por quedas de barreiras provocadas pela chuva. Em 26 de março foi decretada a situação de emergência na região. 
 
De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), responsável pela manutenção da estrada, a interdição para as obras de recuperação deve durar pelo menos seis meses. No entanto, até meados de junho, meia-pista deverá estar liberada para o fluxo de veículos.
 
Neste período está prevista a realização de eventos como um festival gastronômico e um festival de artesanato, a serem organizados pela Secretaria de Estado da Cultura, além de eventos esportivos programados pela Secretaria de Esporte e Turismo para atrair visitantes e movimentar a economia local. 
 
A Companhia de Energia Elétrica do Paraná (Copel) informou que não irá cortar o fornecimento de energia por inadimplência durante o período em que vigorar o decreto de situação de emergência na região. A estatal também não encaminhará os cadastros dos moradores afetados para os órgãos de proteção ao crédito e irá parcelar os débitos do período para pagamento após o restabelecimento da normalidade.
 
A Secretaria do Trabalho, Emprego e Economia Solidária apoiará os moradores com cursos de capacitação gerencial e qualificação da mão de obra para melhorar a qualidade da gestão e do atendimento dos empreendimentos.
 
De acordo com o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico de Morretes, Carlos Alberto Gnatta Neto, estas ações são muito importantes para o crescimento econômico local. “Neste momento de dificuldade, o envolvimento dessas entidades é fundamental para trazer benefícios acessíveis para a comunidade e permitir uma transformação da região”, comenta Gnatta.
 
CRÉDITO - O presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa, disse que o apoio à comunidade foi discutido com o prefeito de Morretes, Helder Teófilo dos Santos. Será feita uma extensão do Programa de Recuperação Econômica do Litoral, criado em março de 2011, para apoiar a economia local e ajudar os empreendedores a recuperarem parte dos prejuízos causados pelas enchentes que atingiram a região na época.
 
“Como é uma situação de emergência, ainda é preciso fazer algumas adaptações para atender demandas específicas daquela comunidade, como o prazo de carência, mas os recursos existem e o crédito está disponível”, afirma Juraci Barbosa. “Com o crédito as famílias poderão aproveitar esse período crítico para planejar melhorias como reformas, ampliações, comprar máquinas e equipamentos para aumentar a produção ou melhorar a capacidade de atendimento aos visitantes.”
 
Segundo Barbosa, assim como ocorre com outros empreendedores, essas famílias serão incentivadas a participar de cursos de capacitação promovidos pela Secretaria de Estado do Trabalho e outros. O objetivo é que com mais conhecimento sobre gestão eles possam reduzir o risco dos próprios negócios, um fator que também ajuda a diminuir a taxa de juros do financiamento. 
 
As iniciativas visam também o estímulo à formalização dos pequenos empreendimentos da região, de modo a facilitar e ampliar o acesso a programas de microcrédito produtivo orientado. 
 
Os recursos das linhas de crédito do Banco do Empreendedor, da Fomento Paraná, podem ser usados para obras de ampliação e reforma de instalações, compra de máquinas e equipamentos e também como capital de giro associado ao investimento. As taxas de juros são as mais baixas do país e variam de 0,51% a 1,07% ao mês porque os recursos são subsidiados pelo Governo do Estado. 
 
Os interessados em conhecer as linhas de crédito podem procurar a Agência do Trabalhador (Rua Coronel Romulo Pereira, Centro – Morretes. Telefone: 41-3462-3807) e conversar com o agente de crédito da Fomento Paraná.
 
Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em: http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

A Prefeitura de Morretes, através da Secretaria de Ação Social, em parceria com a Força Sindical, realiza, dia primeiro de maio - Dia do Trabalho - o Primeiro de Maio Solidário com a troca de 1 kg de alimento por 1 cupom para concorrer a vários prêmios, entre eles, cinco automóveis e 10 motocicletas. As trocas de alimentos por cupons serão feitas alternadamente, ou seja, cada dia em frente a um supermercado da cidade - Gnatta, Toneti, Araújo, Baitaca, Francis e outros. Na esta Feira, a Ação Social estará presente com uma barraca nos dias 29, 30 e 1º de Maio para troca de alimentos por cupons. Dia 1º o sorteio será à partir das 14 horas. A secretária de Ação Social, Cláudia Peluzzo, explica que todo o alimento arrecadado será doado às famílias mais vulneráveis do município.

Com 64 participantes, entre segmentos da agroindústria, artesanato, bares, restaurantes e lanchonetes, floricultura e shows todas as noites, começa dia 30, às 18 horas, com solenidade de abertura, no Portão Principal, a 31ª Feira Agrícola e Artesanal de Morretes – Festa Feira. “Morretes está preparada para receber os visitantes e acreditamos que, nos 11 dias do evento, teremos a participação de mais de 100 mil pessoas”, disse o prefeito Helder Teófilo dos Santos. A Festa Feira é um dos eventos de maior destaque do litoral paranaense, com exposição e venda dos produtos da agricultura familiar, orgânicos, inatura e floricultura da região, além do tradicional prato paranaense, o Barreado e o churrasco de búfalo.

Turistas brasileiros e estrangeiros terão a oportunidade de conhecer, na Festa Feira, as artes e a cultura do povo morretense e o artesanato feito em bambu, cipó imbé, fibra de bananeira esementes. Na agricultura e agroindústria onde haverão dezenas de barracas, os visitantes terão à disposição, frutas, verduras, palmitos em conservas, compotas, bala de banana e de gengibre, chips de aipim, entre outros. Além dos produtos em exposição, a Festa Feira terá shows musicais todas as noites, palestras, oficinas e dança típica. Dia 6 de maio, o Iapar promoverá Um dia de Campo, com visitas à produtores rurais e, no dia 10 haverá palestra sobre Suco de Açaí.

 

Visite Morretes

 

Morretes é, hoje, a terceira cidade paranaense que mais recebe turistas, cuja atividade representa 60% do PIB municipal. Impulsionado pela Mata Atlântica, a mais preservada do País, a BR-277, o passeio de trem e o Caminho do Itupava, o município vem se destacando também em outras atividades, como ciclismo, caminhadas rurais, rapel, escaladas no Conjunto Marumbi, além do bóia-cross no rio Nhundiaquara. Morretes tem um potencial histórico e cultural invejável, com casarios seculares, manifestações folclóricas e a tradicional gastronomia, com o Barreado e frutos do mar.

 

Outras informações

fone 3462-1266 com Denise Valenga

 
 
A população de Morretes e da Antonina conheceu na última segunda-feira (7) o cronograma de obras e as ações do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER) para recuperar a Estrada da Graciosa. O vice-governador, Flávio Arns, e técnicos do DER explicaram como será a construção da ponte, feita em concreto, e que permitirá a liberação do tráfego na região. Um trecho da rodovia foi destruído em 13 de março por conta das fortes chuvas. O diretor-geral do DER, Nelson Leal Junior, disse que a obra terá duas etapas. Ele explicou a comerciantes e lideranças políticas locais que, até junho, será concluída meia-pista da Estrada da Graciosa, liberado o trânsito de veículos leves. Após essa fase, o DER estima que até o início do segundo semestre de 2014 toda a obra será concluída. “O DER trabalha contra o tempo para que essas obras sejam feitas da maneira mais eficaz e segura para que a população possa transitar pelo local, movimentando o comércio e turismo da região”, disse Leal Junior. 
 
O diretor-geral do DER explicou que a melhor solução é uma estrutura definitiva porque o local do desastre é estreito e cheio de curvas. “Não há como colocar uma ponte provisória neste ponto, como as usadas pelo Exército”, disse. Para construir a ponte será preciso fazer antes o trabalho de fundação, para colocação dos pilares e das cabeceiras. Depois, peças de concretos serão montadas para dar sustentação à ponte. Na etapa seguinte serão colocados os paralelepípedos em cima da estrada, recuperando as características originais da Graciosa. 
Além das explicações técnicas da obra, foram discutidas ações conjuntas entre prefeituras, comerciantes e o Governo do Paraná para atrair os turistas e visitantes para Morretes e Antonina. “Tanto governo como as prefeituras vão apoiar toda ação que promova uma divulgação positiva para alavancar a economia da região. O Governo do Paraná vai trabalhar para promover atividades nas áreas de cultura, turismo e esporte para apoiar a população”, disse o vice-governador, Flávio Arns. 

Em 70 dias, o governo do Estado, através do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), vai liberar, pelo menos uma pista, da Estrada da Graciosa para o tráfego de veículos. A boa notícia foi dada pela diretoria do órgão, durante audiência pública no Cine Theatro de Morretes, com a presença do vice-governador, Flávio Arns, do prefeito de Morretes, Helder Teófilo dos Santos e do prefeito de Antonia, João Domero. O prefeito Helder explicou às autoridades do governo, inclusive com participação da Defesa Civil, o drama vivido pelos moradores e comerciantes da Estrada da Graciosa que há mais de 20 dias estão sem vender seus produtos em função da queda da barreira que interditou a estrada. Helder entregou ao vice-governador uma pauta de reivindicações do município que pede, entre outras coisas, a imediata recuperação da estrada, benefícios da Copel para os moradores da região, crédito subsidiado para os comerciantes, liberação, pela Caixa Econômica do FGTS e campanha publicitária mostrando os atrativos turísticos de Morretes e Antonia. Presentes na audiência pública, donos de restaurantes, pousadas e do próprio comércio da Graciosa, também fizeram suas reivindicações ao governo do Estado. O governo tem um prazo de 180 dias para liberar por completa a Estrada da Graciosa. Segundo o DER, uma empresa de construção já está no local para agilizar os serviços e, se precios, vão trabalhar em dois turnos: dia e noite.

 

Deputado Paranhos, presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, informa o prefeito de Morretes, Helder Teófilo dos Santos, que serão instaladas três Estações Rádio Base – Antenas de Telefonia Celular. Portanto, até o mês de setembro, o município terá ampliado a captação de sinal via celular móvel. A decisão faz parte do plano de expansão apresentado pela TIM. Para o prefeito, a medida é muito boa para o município e aos moradores de Morretes que a cada dia ampliam seus sistemas de comunicação.

Em Morretes, começam os preparativos para uma das maiores festas agrícola e artesanal do litoral paranaense: Festa Feira. As festividades terão início no dia 30 de abril e terminarão dia 11 de maio, com mostras de produtos agrícolas, artesanato, floricultura e gastronomia. O prefeito de Morretes, Helder Teófilo dos Santos espera a participação de mais de 100 mil turistas, além da comunidade local. Esta é a mais importante e tradicional festa do município. Estarão à disposição dos turistas, várias opções de artesanatos em bambu, cipó imbé, fibra de bananeira e sementes. Na agricultura e na agtroindústria são mostradosfrutas, verduras, palmitos, conservas, compotas, bala de bana e de gengibre, entre outros.

Técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), geólogos da Mineropar e representantes do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) se reuniram nesta terça-feira (18) para definir o cronograma de obras e também os custos necessários para a recuperação da rodovia. 

A estimativa do DER-PR é investir R$ 5 milhões entre obras e projeto na implantação do viaduto, na altura do quilômetro 10, onde houve o desmoronamento. A previsão é ter o projeto no prazo máximo de um mês e fazer a obra em até quatro meses. 

“Os estudos preliminares indicam que a construção do viaduto é a alternativa mais viável. No entanto, somente após a contratação do projeto executivo será possível estabelecer se não há outra opção que seja mais barata e também mais rápida para executar a reconstrução da estrada”, disse o superintendente regional do DER-PR, Sérgio Moreira Gomes. 

Entre as dificuldades encontradas pelos técnicos do DER-PR estão a topografia e também a limitação de tráfego de veículos pesados na Estrada da Graciosa. O peso excessivo poderia provocar outros afundamentos ao longo da rodovia, obrigando uso de maquinário de menor porte, o que poderia alterar o cronograma da obra e também a execução dos trabalhos. 

No trecho onde ocorreu o desabamento da barreira, na altura do quilômetro 12, as equipes do DER-PR terminaram nesta terça-feira (18) a retirada do material. Nesta quarta-feira (19), será feito um estudo mais aprofundamento deste local, para verificar se não há pontos com trincas ou rachaduras que possam ainda comprometer a rodovia. Caso não haja nenhum risco, a proposta do DER-PR é fazer um muro, que vai permitir segurar as pedras do morro e evitar outros desabamentos. 

O DER-PR vai aguardar, nos próximos dias, a elaboração do decreto de emergência pela prefeitura de Morretes, que será encaminhado ao Governo do Paraná para homologação. Somente após o reconhecimento deste decreto pela União, o DER-PR poderá executar a contratação de projeto e também das obras em regime emergencial. Com este decreto, o prazo limite para a conclusão da obra e projeto é de 180 dias, a contar do dia 13 de março. 

Já está em fase bastante adiantada a construção do viaduto de Morretes. A obra, solicitada pelo prefeito de Morretes, Helder Teófilo dos Santos, é uma parceria entre o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a concessionária Ecovia. Além do viaduto, também serão construídas duas vias marginais (uma no sentido Curitiba, e a outra no sentido Paranaguá) e trincheiras sobre as pistas. O investimento nestas obras é de mais de R$ 15 milhões. 

A mobilidade na região vai ser melhorada não só para veículos de passeio que trafegam pela rodovia estadual de acesso às cidades históricas, mas também caminhões que seguem rumo ao Porto de Antonina”, disse o diretor-geral do DER, Nelson Leal Filho.  O viaduto está sendo construído no trevo de acesso a Morretes, no km 29, e vai beneficiar os motoristas que circulam pela rodovia. Na alta temporada, cerca de 30 mil veículos passam pelo local diariamente. 
Por causa do grande movimento de veículos, a Polícia Rodoviária Federal registra grande número de acidentes no atual acesso para Morretes, que cruza a BR-277 de maneira imprudente. ". Para o prefeito Helder, a obra evitará muitos acidentes naquele local e deverá ampliar a visita de turistas a Morretes.
 

Manifestando preocupação com a interrupção da Estrada da Graciosa, o prefeito Helder Teófilo dos Santos, que esteve visitando a região neste final de semana, lamenta que o maior impacto será sentido pelos moradores da Estrada da Graciosa porque eles estão com o acesso interditado. "Naquele trecho onde houve o deslizamento não há muitos moradores , mas os moradores que tem suas casas acima do trecho onde houve o deslizamento estão impedidos de descer pela via e tem como outra opção o deslocamento pela BR-277, já os moradores que estão abaixo do trecho conseguem se deslocar pela Estrada da Graciosa", explica o prefeito. Segundo o prefeito, o deslizamento requer atendimento especial dos órgão competentes para restabelecer a circulação de pessoas e cargas o quanto antes. Os comerciantes da região acreditam em uma corrente de solidariedade para não ficarem desassistidos. Mesmo com o bloqueio da estrada, os turistas podem continuar tendo momentos de lazer em uma das regiões mais belas da Serra do Mar indo pela BR-116 até o Recanto Bela Vista (sentido Litoral). E quem descer a serra pela BR-277, pode saborear o barreado de Morretes e comprar o artesanato local no bairro São João da Graciosa e ainda subir pela estrada até o Recanto Ferradura (sentido Curitiba). O trecho afetado é do km 9 ao 12. O restante da estrada foi vistoriada pelo DER e está liberada. Estrada da Graciosa deverá ficar interditada para o trânsito de pessoas e cargas por, no mínimo, seis meses, segundo técnicos do DER.

 

 

Na nos dias 07 e 08 de março houve a abertura do Campeonato Paranaense de Rally de velocidade em Morretes. Com a estrutura montada no Centro de Eventos, Sede da Prefeitura da Cidade. A prova teve a largada as 12:10 horas e seu encerramento e premiação foi as 22:45. Confira as imagens:

 


A Prefeitura Municipal de Morretes, através da Secretaria de Turismo e Cultura, convida para a apresentação do Coral Igreja da Paz e Orquestra de Câmara St. Pauli, de Hamburgo/Alemanha, dia 3 de março às 13h30min. no Teatro Municipal de Morretes.O Requirm Alemão, com Johannes Brahms,  será apresentado também em Ponta Grossa, Curitiba, Blumenau e Florianópolis. Ao lado do Oratório de Natal de J.S. Bach, o Requiem de Brahms é uma das obras para coral e orquestra mais executadas atualmente na Alemanha. Somente em Hamburgo, uma cidade com aproximadamente o mesmo número de habitantes de Curitiba (PR), a obra é apresentada em média dez vezes por ano.
 
O primeiro concerto do Requiem foi em Viena, em 1867, com apenas três movimentos, não obtendo muito sucesso. Bastante êxito obteve a obra no ano seguinte, em um concerto na Sexta-feira Santa, na Catedral de Bremen, sob a regência do próprio compositor, dessa vez com seis movimentos. Finalmente, o público pode ouvir o Requiem completo em 1869. No mesmo ano, a obra foi apresentada em São Petersburg, Londres e diversas cidades holandesas. O sucesso dessa obra projetou Brahms como compositor no cenário internacional.
 
O Requiem é uma forma musical, que originalmente era composta utilizando textos da missa católica. Essa forma foi fonte de inspiração para muitos compositores. Entre eles, talvez os Requiens mais conhecidos sejam os de Mozart, Verdi e Fauré. A versão de Johannes Brahms deixa essa tradição de lado. O compositor escolheu textos  bíblicos que fazem parte da tradição católica e evangélica, sendo, talvez, esse um dos motivos do sucesso sem interrupção há mais de 160 anos na Alemanha. 
 

 

Festa Feira - Morretes - 2013

 

Morretes já se prepara para a sua maior festa, que objetiva divulgar e promover o artesanato e a agricultura local, dando a turistas de todo o Brasil, a oportunidade de conhecer e adquirir produtos direto dos agricultores. Estamos nos referindo à Festa Feira, que começa dia 30 de abril e se estende até o dia 11 de maio, no calçadão do centro histórico da cidade. Frequentada por público familiar, a Festa Feira apresenta, também, o que existe de melhor na culinária de Morretes, em especial o Barreado e o churrasco de búfalo. Além de produtos à venda, a Festa Feira terá, também, uma série de shows culturais e oficinas, o que certamente movimentará o comércio local, em especial restaurantes, bares, hoteis e pousadas.

O palco já está sendo montado e, a partir do dia 28, começa o Carnaval de Morretes, uma festa popular que deverá levar milhares de pessoas, principalmente famílias, na praça Rocha Pombo, em frente a Estação Ferroviária. A festividade, que faz parte do calendário de eventos da cidade, proporcionará, também aos turistas que visitam Morretes, mais um momento de descontração. A expectativa é a de que 50 mil pessoas participem nos quatro dias de folia e o prefeito Helder Teófilo dos Santos aposta numa interatividade entre morretenses e turistas para alegrar ain da mais a nossa bela Morretes. O prefeito lembra que Morretes é a terceira cidade paranaense mais visitada no Estado, recebendo turistas do Brasil e de todo o mundo. O Carnaval será mais um atrativo para a cidade. A festa de Carnaval termina no dia quatro de março.

A Secretaria de Educação do Município de Morretes suspendeu as aulas, por dois dias, no Colégio Municipal Miguel Schleder, por medidas de segurança, devido ao rompimento de uma viga mestra no rol de entrada. Segundo a secretária Cândida Cordeiro de Oliveira, a equipe de engenharia da Prefeitura Municipal já providenciou o laudo técnico, bem como a troca das vigas e as aulas voltarão ao normal na segunda-feira. O colégio está comemorando, nesta sexta-feira (dia 14), 80 anos de fundação.


 

 

O Theatro Municipal de Morretes será palco, neste sábado, dia 15, de um dos eventos mais aguardados por dezenas de famílias do município. A partir das 8h30min., será dado início à cerimônia do Casamento Coletivo, promovido pela Prefeitura Municipal de Morretes, numa iniciativa da Secretaria de Ação Social. Serão 40 casais e seus respectivos padrinhos, que vem aguardando, ansiosamente, a oportunidade de realizar o matrimônio e agora, cercados de pompa, poderão dizer “sim” perante a justiça. O casamento será oficializado pelo juiz de direito da comarca de Morretes, Fernando Andrioli, auxiliado por três juízes de Paz e cartorários.


 

O prefeito Helder Teófilo dos Santos disse, na abertura da Semana Pedagógica, que tem absoluta certeza de que, com as ações que vem sendo desenvolvidas pela área da educação, o município de Morretes sairá da condição de estagnação do IDEB e avançará a partir deste ano. O prefeito destacou a recuperação do ônibus que transporta alunos nas escolas e a terceirização de novas linhas para melhor atender aos alunos. Mas foi sobre a presença da Universidade Federal em Morretes, que o prefeito fez questão de falar aos professores, coordenadores e diretores de escolas, explicando que a expectativa é muito grande e que a instalação da UFPR no município será mais um marco histórico no desenvolvimento da região. As negociações estão caminhando muito bem, disse Helder, acreditando que ainda este ano teremos um braço da centenária UFPR em Morretes.

 

 

A campanha de vacinação de Febre Aftosa bovina e bubalina, realizada em novembro de 2013, do rebanho do município de Morretes atingiu o índice de 100% de animais vacinados. Em ofício ao prefeito Helder Teófilo dos Santos, o médico veterinário Silvério Alves da Unidade de Defesa Agropecuária do Paraná – Adapar – agradece e parabeniza a Secretaria Municipal da Agricultura e Abastecimento do Município de Morretes pelo empenho dedicado pelos funcionários médico veterinário Albino Grandi e o auxiliar, inseminador, José Pereira, para atingir a meta e os objetivos. Segundo médico Albino Grandi, foram vacinadas 900 cabeças do total de 1.500 animais existentes no município. Ele explica que todos os proprietários cadastrados – 85 propriedades - receberam a vacina e participaram da campanha que atingiu o índice de 100%. As demais propriedades, que possuem funcionários especializados, também apresentaram as NF de compra das vacinas, o que significa que todo o plantel do município foi vacinado. O trabalho de vacinação ( medicação de berne e carrapato) realizado pela Secretaria da Agricultura de Morretes, em parceria com os donos de propriedades com animais, vem sendo feito desde 2003 (há 20 anos) com visita em todas as localidades e em todas propriedades onde existam animais. Hoje, cada propriedade possui, em média, de 3 a 10 animais e apenas um conta com mais de 120 animais. O prefeito Helder também elogiou a equipe da secretaria destacando que o rebanho de Morretes é totalmente saudável.

 

O que é?

 

Doença infecciosa aguda, causada por vírus, sendo uma das mais contagiosas que atingem os bovinos, búfalos, ovinos, caprinos e suínos. Causa febre, seguida do aparecimento de vesículas (aftas) principalmente na boca e nos cascos, dificultando a movimentação e alimentação dos animais, o que acarreta elevada e rápida perda de peso e queda na produção de leite, tendo como consequência grandes prejuízos na exploração pecuária. O vírus está presente no epitélio e fluido das vesículas e também pode ser encontrado no sangue, saliva, leite, urina e nas fezes dos animais afetados. Qualquer objeto contaminado com uma dessas fontes de infecção torna-se uma perigosa fonte de transmissão da doença de um rebanho a outro. Os animais contraem o vírus por contato direto com outros animais infectados ou por alimentos e objetos contaminados. A doença é transmitida pela movimentação de animais, pessoas, veículos e outros objetos contaminados pelo vírus. Pessoas que lidaram com animais doentes também podem transmitir o vírus por meio de suas mãos, roupas e calçados. 
Prejuízos. A principal consequência da ocorrência da febre aftosa é econômica. Devido ao alto poder de difusão do vírus e aos impactos econômicos provocados pela doença, os países e áreas livres de febre aftosa estabelecem fortes barreiras à entrada de animais susceptíveis e seus produtos oriundos de regiões com febre aftosa. Assim, basta apenas um foco desta doença (uma propriedade atingida) para haver restrição ao mercado internacional, e até mesmo ao mercado nacional, já que animais e produtos de origem animal ficam proibidos de serem comercializados para países livres ou áreas livres de febre aftosa. Essas barreiras têm efeitos negativos sobre a pecuária e na economia do país, com graves consequências sociais. 

Área Livre

O Paraná é uma Área Livre de Febre Aftosa Com Vacinação, reconhecida pela Organização Mundial de Saúde Animal – OIE. Encontram-se nesta mesma condição sanitária outros 14 estados, o Distrito Federal e a região centro-sul do Pará.

Como combater a febre aftosa

A vacinação tem papel fundamental na prevenção e erradicação da febre aftosa.
A forma mais eficiente, prática e barata de prevenção é por meio da vacinação dos bovinos e búfalos, durante as campanhas de vacinação que ocorrem a cada seis meses, sempre em maio e novembro. Na etapa de maio é obrigatória a vacinação dos bovinos e búfalos com idade até 24 meses. E na etapa de novembro, todos os bovinos e búfalos existentes na propriedade devem ser vacinados, inclusive os bezerros com poucos dias de vida.
Além da vacinação, outra estratégia fundamental é a vigilância sanitária, com destaque para o cadastramento do setor pecuário e o controle do trânsito de animais, visando impedir que animais contaminados entrem no estado. Por isso são feitas as fiscalizações do transporte animais.


Campanha de Vacinação Contra Febre Aftosa

No Paraná, é adotada a estratégia de vacinação semestral de animais com até 24 meses de idade e vacinação anual de animais com mais de 24 meses. Assim, as campanhas de vacinação têm o seguinte esquema de imunização: 
Etapa de maio: são vacinados apenas bovinos e búfalos com até 24 meses de idade
Etapa de novembro: vacinação de todos os bovinos e búfalos, de qualquer idade.
Com esta estratégia, os animais com até 24 meses são vacinados duas vezes ao ano e os acima de 24 meses, apenas uma vez.

Procedimentos na Campanha de Vacinação

  1. A próxima Campanha de Vacinação Contra Febre Aftosa ocorre no mês de novembro. A vacinação e sua comprovação são obrigatórias. A comprovação deve ser feita até o dia 30 de novembro nas Unidades Locais de Sanidade Agropecuária da ADAPAR.

  2. Na etapa de novembro é obrigatório vacinar todos os bovinos e búfalos, incluindo os bezerros com poucos dias de vida.

  3. O produtor deve comprar a vacina nas casas agropecuárias. Ao comprar a vacina deve obter a Nota Fiscal de compra da vacina e o Comprovante de Vacinação.

  4. A dose da vacina é de 5 ml para todos os animais, independente do peso e tamanho. Só vacine bovinos e búfalos.

  5. Preencher o Comprovante de Vacinação, relacionando corretamente a quantidade de animais existentes e de animais vacinados, por sexo e por idade. A quantidade de animais relacionada no Comprovante será cadastrada na ADAPAR e, portanto, deve ser exatamente igual ao existente na propriedade. Assim, o produtor deve aproveitar a vacinação para contagem dos animais e, somente depois, preencher o Comprovante de Vacinação.

  6. Fazer a Comprovação da vacinação nas Unidades Locais de Sanidade Agropecuária: levar as duas vias do Comprovante de vacinação e a Nota Fiscal da compra da vacina;

  7. Se mais de um produtor fizer a vacinação em conjunto, deve ser preenchido um Comprovante de Vacinação para cada produtor;

  8. Se o produtor tiver mais de uma propriedade, deve ser preenchido um Comprovante de Vacinação para cada uma delas.

  9. Se numa mesma propriedade tiver a criação

 

O prefeito Helder Teófilo dos Santos assinará, nos próximos dias, convênio com o Ministério da Agricultura no valor de R$ l,5 milhão para ser investidos em ensaibramento de estradas rurais do município. Helder esteve no Ministério da Agricultura e ficou sabendo que os recursos já foram empenhados e que o dinheiro já está na Caixa Econômica Federal. Serão beneficiadas as seguintes estradas nas seguintes comunidades: Capituva, Colônia Marques, Sarapiá, Sambaqui, Morro Alto, América de Baixo e de Cima, Fartura, Anhaia, Mundo Novo do Anhaia, Carambiu, Mundo Novo do Saquarema, Cruzeiro, Itaperuçu e 32.

Próximos ao Natal, 85 famílias de Morretes receberam, dia 18, as chaves da casa própria, em solenidade que contou com a presença do prefeito Helder Teófilo dos Santos e do presidente da Cohapar, Mounir Chaowichee. As moradias são destinadas às famílias que foram atingidas pelas fortes chuvas em 2011 e elas não pagarão nada pelo imóvel novo. Foram investidos R$ 4 milhões na execução das obras,  recursos provenientes do governo do Paraná, por meio da Cohapar, Secretaria de Infraestrutura e Logística, Copel e Sanepar, governo federal, por meio do Ministério da Integração Nacional e prefeitura.  O secretário estadual da Habitação e presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche, disse às famílias que assim que aconteceu a tragédia o governador Beto Richa buscou soluções. “Todos os órgãos estaduais se envolveram para que a gente pudesse estar aqui hoje, garantindo moradias dignas, seguras e de qualidade, pois esta é a grande preocupação do governo do Paraná”, disse.  O prefeito de Morretes, Helder Teófilo dos Santos, disse que estas casas chegam num ótimo momento para as famílias. “Estas pessoas vão passar Natal e Ano Novo nas moradias novas, não tinha como ser melhor. Agradeço ao governo do Paraná que é nosso parceiro, não só na questão das moradias, mas em todos os setores”.

  

    

  

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO No 03/2013
EDITAL 14/2013

A Prefeitura de Morretes, através da Comissão de Processo Seletivo Simplificado, convoca o Candidato(a) a comparecer munido de seus documentos no prazo de 3 (tres) dias na Secretaria Municipal de Administração, localizada na Praça Rocha Pombo, nr 10, Sede da Prefeitura de Morretes.

Clique aqui e baixe o Edital 14/2013

A Prefeitura Municipal de Morretes - Pr, por meio da Secretaria Municipal de Ação Social e Conselho Municipal de Assistência Social, convida para a     IX Conferência Municipal de Assistência Social de Morretes – Pr, com o tema “ A Gestão e o Financiamento na Efetivação do SUAS”.

Data : 09 de agosto de 2013, sexta-feira – Horário : 8:00 as 18:00 hs
Local: Theatro Municipal de Morretes 
R. XV Novembro,  s/n                                            

Secretaria de Infraestrutura
Sérgio Hoffmann

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
telefone – (41) 3462-1412 e 3462-1266
Endereço: Rua XV de Novembro - prolongagamento (CODAPAR)

 

 

 

 

 

 

Informativo

Portarias e Resoluções - noticia
31 Jan. 2017 12:33

  Portarias  Resoluções Portaria 03/2014 - Plano de Empregos, C [ ... ]

GeralLeia mais
Marajá corta mais de 50% dos cargos em comissão e...
04 Jan. 2017 11:16

O prefeito de Morretes, Osmair Coelho (Marajá), determinou nesta terça-feira (3), o co [ ... ]

GeralLeia mais
Marajá assume prefeitura e promete resgatar Morret...
02 Jan. 2017 11:04

Na presença de mais de 200 pessoas que lotaram o Teatro de Morretes, o ex-vereador da cidade, [ ... ]

GeralLeia mais
Emissão de Nota Fiscal Eletronica de Serviços
06 Set. 2016 14:05

A Prefeitura Municipal disponibilizou a partir do ano de 2017 o novo sistema de notas fiscais eletr& [ ... ]

GeralLeia mais
Mais Artigos

empresa facil

banner leideacesso

banner Camara Morretes

Leis Municipais


3462-1217      

Coleta Seletiva de Lixo

alistamento

incraEmail exclusivo de atendimento:
incra@morretes.pr.gov.br

Usuários Conectados

Temos 75 visitantes e 0 membros em linha

 

ACESSO RÁPIDO:

 

   
 

portal da transparencia1

Portal da Transparência

banner do

Diário Oficial

Banner Licita

Licitações

Prefeitura nas redes sociais