Morretes, Cidade de Encanto e Beleza

#VEMPRAMORRETES

Uma Cidade cheia de histórias para contar, Cultura para mostrar, e sabores para apreciar!

Nota fiscal eletrônica II

BT decreto legislativo1

Por favor, comunique tic@morretes.pr.gov.br se encontrar alguma dificuldade de uso no Site. Obrigado.

As prefeituras do Paraná estão planejando a realização de um dia de
protesto contra a crise política, econômica e institucional do País. Em
resposta a esse cenário, prefeitos de todas as regiões do Estado também
vão definir, em conjunto, novas ações que serão tomadas para reduzir os
gastos públicos.

A definição do dia de protesto e das medidas a serem tomadas acontecerá
a partir das 9h da terça-feira (dia 1º) na reunião que a diretoria da AMP
(Associação dos Municípios do Paraná) promoverá na sua sede, em Curitiba,
com os representantes das 19 associações regionais de municípios do Estado.

Para o presidente da AMP e prefeito de Assis Chateuabriand, Marcel
Micheletto, a crise econômica do País está agravando a desigualdade
existente na distribuição de receitas entre a União, os Estados e os
Municípios.

"Mesmo sendo o lugar onde todos os tributos são gerados e onde vivem as
pessoas, as prefeituras recebem menos de 20% de todos os impostos que o
Governo Federal arrecada, não ganham um só tostão das contribuições e
absorvem encargos cada vez maiores e mais pesados. Não podemos mais
aceitar que esta brutal desigualdade continue”, denuncia.

Números da crise

Na reunião com os representantes das associações, Micheletto vai
apresentar os números referentes aos recursos que as prefeituras do
Paraná perderam ou deixaram de receber devido à crise econômica e ao
posicionamento do Governo Federal de contingenciar despesas para os
Estados e municípios.

Esses dados referem-se principalmente aos chamados RAPs-Restos a Pagar
(valores devidos pela União às prefeituras), ao FPM (Fundo de
Participação dos Municípios) e às emendas parlamentares (recursos
garantidos por meio dos deputados federais e senadores, mas
contingenciados por imposição do Governo Federal).

O presidente da AMP tem denunciado o cenário de crise das prefeituras
antes mesmo de assumir o cargo, no início de junho. E convoca a
população a se integrar ao movimento dos prefeitos. "As pessoas precisam
entendem que a situação é grave e que elas devem  apoiar os prefeitos
nestas reivindicações. Caso contrário, a própria população será
prejudicada. "Os municípios estão sangrando e vão morrer se o pacto
federativo não for revisto”, adverte.

Fonte: *Aurélio Munhoz. Reg.Mtb: 2.635/PR (Assessoria de Comunicação da AMP)

Informativo

Portarias e Resoluções - noticia
31 Jan. 2017 12:33

  Portarias  Resoluções Portaria 03/2014 - Plano de Empregos, C [ ... ]

GeralLeia mais
Marajá corta mais de 50% dos cargos em comissão e...
04 Jan. 2017 11:16

O prefeito de Morretes, Osmair Coelho (Marajá), determinou nesta terça-feira (3), o co [ ... ]

GeralLeia mais
Mais Artigos

empresa facil

banner leideacesso

banner Camara Morretes

Leis Municipais


3462-1217      

Coleta Seletiva de Lixo

alistamento

incraEmail exclusivo de atendimento:
incra@morretes.pr.gov.br

Usuários Conectados

Temos 53 visitantes e 0 membros em linha

 

ACESSO RÁPIDO:

 

   
 

portal da transparencia1

Portal da Transparência

banner do

Diário Oficial

Banner Licita

Licitações

Prefeitura nas redes sociais